Querendo ver outros blogs meus consultar a Teia dos meus blogs

quinta-feira, 4 de outubro de 2007

Querido diz-me o que hei-de fazer comigo

Recentemente descoberto neste blogue O Mundo Perfeito

o texto chama-se

Querido diz-me o que hei-de fazer comigo

mostra um ponto de vista muito interessante, sobre as fraquezas do "sexo forte".

10 comentários:

Isabela disse...

Sobre as fraquezas do sexo fraco. As mulheres é que são o sexo forte. Toda a gente sabe. Os homens têm apenas massa muscular, o que é diferente.
:)

LFM disse...

Pois foi o que a autora do post com imensa graça e talento quis dizer.

Quem sou eu pobre vitima para o negar ?
Há factos que não podem ser contraditados

LFM disse...

Isabela

Respondi antes de ir ver quem escreveu. depois percebi que estava em presença da mãe da criança.

Gostei imenso e tive a liberdade de o republicar nesse meu Blorganaizer que serve exactamente para eu não perder de vista os textos que mais gosto.

Sou iniciado como seu visitante mas vou acompanhar os seus escritos mais em cima.

Se por alguma razão achar abusivo o meu blorganaizer é so dizer que retiro imediatamente

Luís Maia

JC disse...

Se resumirmos tudo na vida ao prazer sexual, talvez tenha razão! Para mim, o problema é que as mulheres são o sexo fraco pela procura desenfreada de quererem ser iguais aos homens...em tudo, até nos vícios. Depois acontecem coisas como, por exemplo, haver mais fumadoras do que fumadores sendo que, rezam os estudos, é mais difícil para uma mulher abandonar o vício do que para um homem. Para mim, reside aí a essência do sexo fraco.

Lino disse...

Não acho que sejam fraquezas do sexo forte. Se facto os homens, como diz a isabela, têm massa muscular...e isso basta!
A questão do jogo de sedução é cultural e revela a civilidade do macho, do seu controlo, e do facto de gostar do jogo. Caso contrário, face à necessidade fisiológica, era só o "toma lá que já almoçaste", e contra isso não há nada a fazer. Só é necessário saber o que pesa mais, se a natureza ou se a cultura.

Lino

Anónimo disse...

Safa!

A Isabela tem mais do que razão, basta ver estes dois cromos acima e fica logo tudo explicado.

Com que então o argumento inteligente é ter mais dificuldade em deixar de fumar?
Queres ir a meças?

Múculos? força bruta?
Ai filho estás tão atrsado! que dó!!!
E tens muitas que te queiram?

Lino disse...

A diferença principal entre os dois géneros resume-se a isto:

Na luta pela "igualdade" a mulher não se coibe de atacar o sexo masculino, defende-se e ataca, insulta, chama machista no que de mais pejurativo tem o termo, chama o homem de "fácil porque é burro", etc. Os homens ouvem com paciência e, numa atitude de "leva lá a bicicleta" até lhes dão razão.
Mas basta que um homem faça a mais infima referência à sua qualidade de macho para as mulheres lhe desancarem como se este tivesse cometido a maior das maiores heresias.
Safa! Safa que se farta, oh Marta!

Lino disse...

Múculos? força bruta?
Ai filho estás tão atrsado! que dó!!!
E tens muitas que te queiram?


Se calhar és uma excepção, admito e respeito.
Mas podes ter a certeza, minha filha, ainda há por aí muitas que gostam deles a cheirar a cavalo, isso eu garanto-te

Anónimo disse...

Foska-se meu essa de cheirar a cavalo eu nao conhecia mas que eu prefiro dominar estas com treta de anti machistas em vez das oferecidas prefiro mesmo. E por incrível que pareça são as que gostam mais podes crer

Lino disse...

Talvez tenhas razão, mas não vou por aí!

Respondendo à Martinha:

"E tens muitas que te queiram?"

Olha Martinha, há sempre lugar pra mais uma!
Segunda a sexta, entre as 18 e as 18,30, à saída da porta de armas na academia militar na Amadora (salvo os dias em que estou de "plantão"), eu pago o jantar (pode ser no "Corpus Sanus" fazem lá uns bons pratos italianos). Depois logo se vê!